1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

Saiba se sua cintura é um risco à saúde

22 de novembro de 2008 1 comentário


Você precisa de mais estímulos para manter um abdome "sequinho"? Então, leia a constatação de especialistas: "Não existem idosos com mais de 100 anos que sejam gordos. As pessoas que atingiram a longevidade, normalmente, mantinham atividades físicas regulares muito acima da média mundial."

Pegue uma fita métrica e a envolva ao redor de sua cintura - mais exatamente na altura do umbigo. Ficou espantado com o resultado da medida? Então, saiba que uma barriguinha saliente não é apenas algo antiestético, ela também pode ser um sinal de que seu corpo está em perigo.

A relação da gordura abdominal com problemas de saúde não é bem uma notícia nova. Mas um estudo recém-publicado na revista acadêmica New England Journal of Medicine e desenvolvido durante 10 anos com 360 mil pessoas, de nove países, pode ser a prova de que o tamanho da cintura seja mesmo até mais nocivo do que o IMC (o índice de massa corporal) reconhecido internacionalmente para avaliar o grau de obesidade.

Mas, afinal, qual a medida considerada perigosa?
A circunferência máxima para homens e mulheres é algo que ainda gera questionamentos no mundo médico. De forma geral, a maioria dos profissionais no Brasil estabelece como limites os 94cm para eles e 88cm para elas.

A cartilha de qualidade de vida está disponível a todos e só não a segue quem ainda prefere ignorar os efeitos de uma rotina sedentária. O fato é que, se você relaxou e agora só enxerga a famosa "barriga de cerveja" (no caso dos homens) ou aquele corpo em formato de maçã (nas mulheres) tem que arregaçar as mangas e partir para a ação.

"Mudanças nos hábitos alimentares e a prática de atividades físicas são essenciais. E, se a pessoa não demorou muito para decidir combater a gordura abdominal, o quadro de diabetes, por exemplo, pode ser revertido", explica Márcio Mancini, presidente da ABESO. Por outro lado, o especialista afirma que a situação do coração e dos vasos sangüíneos prejudicados pelo impacto da gordura dificilmente voltam ao normal. Nesse caso, um médico precisa avaliar a situação.

Mais aqui

1 comentários:

Mariana disse...

Silvia, tua cx.tá cheia, voltaram não só as minhas respostas aos teus emails, como tbém um outro arquivo que te mandei. Ou então é falha no próprio provedor, pois um amigo meu que tbém tem conta nele, tudo que mando rpa ele retorna à minha cx.

Cada receita aí embaixo, hein?
Deu até água na boca...rsssss

Um beijo e bom final de semana

Ocorreu um erro neste gadget