1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

Resiliência... o que é isso? por Luciana Campaner

20 de março de 2009 4 comentários

O termo, adaptado pelas Ciências Humanas, caracteriza a capacidade de ser flexível ao enfrentar adversidades. Ou seja, ter habilidade para lidar com a pressão e dificuldade do dia-a-dia, superando decepções, traumas e fracassos de forma sólida e com o menor prejuízo emocional possível.

O termo provém do latim, do verbo resilire, que significa "voltar para trás". A palavra foi primeiramente utilizada pela Física e pela Engenharia e expressa a capacidade que alguns materiais apresentam, após sofrerem alguma pressão, de voltar a sua forma original. Exemplo, quando um pedaço de ferro é aquecido, ele se dilata com o estresse — calor— mas não quebra, voltando depois ao seu estado normal, sem se transformar em outro material. Hoje, o conceito possui uma proposta inovadora, com uma abordagem voltada para o campo da Psicologia.

Resiliência pode ser desenvolvida em qualquer pessoa. Trata-se de uma conquista de novas habilidades pessoais. Quem nunca vivenciou situações de total dificuldade e estresse e soube superá-las com uma visão positiva de reconstruir a vida? Isso é ser resiliente. Podemos afirmar que é um conjunto de processos sociais que possibilitam uma vida sã em um meio insano. Esses processos resultam de positivas combinações entre herança genética, atributos e seu ambiente familiar, social e cultural.

Lembre-se da lição: não podemos saber se vamos ou não sofrer quando algo inesperado acontecer em nossas vidas, mas podemos sim definir quanto tempo vamos querer alimentar esse sentimento, assim como canalizar essa emoção com uma ação construtiva.

Luciana Campaner é psicóloga clínica e mestre em Neurociências pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP. Site: www.inbio.com.br / E-mail: inbio@inbio.com.br)

4 comentários:

Marília - Curitiba disse...

Silvia, muito interessante o texto, tenho trabalhado com isso, com os meus alunos, e em alguns os resultados tem sido bem notórios.Gosto muito dos teus posts.

um beijo

Dirce disse...

Tá aí, algo que preciso aprender, ainda sofro com situações passadas, coisas que eu não digeri. Vou reler e pensar nisso.

Daniel disse...

Silvia, você tem mais artigos sobre esse assunto?

abraços

anny-linhaozzy disse...

Silvia:
Pois aqui estou comentando sobre o assunto. Direto do link. Hehe!
Pois é, estive pensando sobre este assunto e percebi que existe um outro termo para este tipo de comportamento. Como é uma atitude que faço sempre, então acabei descobrindo outros jeitos de nomeá-lo: Resignificação. Não tenho muita certeza mas parece que é no PNL que trata sobre.
Beijos,
Anny
Anny.

Ocorreu um erro neste gadget