1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

Para ver, parar... pensar... pensar... e pensar.

22 de junho de 2010 6 comentários
 Esse poema, foi encontrado junto aos pertences de uma senhora irlandesa, após a sua morte.

video


Sinta-se em casa e deixe seu comentário.

6 comentários:

Beth/Lilás disse...

Lindo e triste, amiga!
Não podemos esquecer, quando olhamos ou falamos com nossos velhos, que eles ainda estão vivos, acima de tudo.
bjs cariocas

Leci Irene disse...

Parar... pensar... Bem,vou lá na minha mamã hoje, conversar com ela um bocadinho! Quem sabe qta coisa ela pensa e não fala??? Pior é que meu pai não arreda o pé! Por isso ela só concorda, sorri...

Chica disse...

Lindo e emocionante esse texto e nos faz pensar mesmo...beijos,lindo dia,chica

Fernanda disse...

Por tudo isto eu olho com o maior respeito e admiracao para as pessoas de mais idade. foi sempre assim. sempre me deleitei com a sabedoria de quem ja viveu mais do que eu.
Gostei muito
fernanda

Lu Souza Brito disse...

É isso que penso quando olho para a minha vò, com a sua aparente cabecinha oca. O que ela pensa? O que ela sente?
Mesmo minha mãe já reclama da maneira que alguns filhos a trata. Porque alguns pessoas são tão ruins com aquela que a amou e cuidou a vida toda?

Lúcia Soares disse...

Sílvia, minha mãe tem 84 anos e ainda é ativa mentalmente, mas muito cansada fisicamente, na parte motora. Exames perfeitos, tudo nela está ótimo. Mas tira objetos e dinheiro dos lugares habituais e não sabe onde as colocou, e aí tivemos que tomar a frente da casa, o que ela considera uma invasão.. Mas não dá pra ser de outra maneira, relutamos muito para fazê-lo.
Mas ela se faz ouvir e não a achamos um peso. De todo jeito, dentro dela mora um coração de menina, de uma moça, de uma jovem mulher. Suas lembranças não morreram nem ficaram velhas como o corpo.
Bj

Ocorreu um erro neste gadget