1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

Aids permanece cercada de mistério e preconceito

1 de dezembro de 2010 2 comentários
Trinta anos depois da descoberta do vírus da Aids, a doença permanece cercada de mistério e preconceito. Os infectados sofrem em silêncio. Sem controle, o vírus do HIV não para de fazer vítimas. E não escolhe cor, sexo nem idade.
Com a venda de medicamentos contra a impotência e o desenvolvimento de próteses, a vida sexual do idoso se mantém ativa por mais tempo. Resultado: a contaminação crescente entre os mais velhos.

O Brasil é considerado um exemplo no combate e tratamento da doença. O Programa Nacional de DST-Aids existe desde 1986. Ainda assim, no país, por ano, são notificados entre 33 mil e 35 mil novos casos de Aids.

A New England Journal Of Medicine, uma das mais importantes revistas médicas do mundo, publicou estudo revolucionário sobre prevenção da Aids. O estudo é coordenado por uma Universidade da Califórnia, mas tem o Apoio de Brasil, África do Sul e Tailândia.

Alguns conselhos úteis para se proteger das doenças sexualmente transmissíveis (DST´s)

•Pratique sexo seguro. O uso da camisinha é obrigatório, ainda mais se você está com alguém que ainda não conhece muito bem.

•Confira a validade da camisinha em sua embalagem e tome cuidado ao abri-la.

•Observe se o preservativo está cobrindo o pênis por inteiro. Se não estiver, a camisinha não irá oferecer a proteção suficiente.

•Se for necessário usar lubrificante, ele deve ser à base de água, já que vaselina pode romper a camisinha.

•Reduza o número de parceiros sexuais. Quanto mais parceiros, maiores as chances de se contaminar com uma DST.

•Esteja alerta aos principais sinais mencionados acima e, se perceber qualquer sintoma estranho, procure seu médico e/ ou ginecologista imediatamente.

•Não pratique a automedicação. Corre-se o risco de camuflar a doença sem curá-la definitivamente, torna o microorganismo mais resistente a tratamento, além do fato de que tomar um medicamento sem o conhecimento de seus efeitos colaterais é perigoso para sua saúde.

•Visite seu médicou e/ ou ginecologista periodicamente para se manter informada(o) e se antecipar a qualquer problema.
Fonte: Globo News  e Saber Mulher

Sinta-se em casa e deixe seu comentário.

2 comentários:

welze disse...

novas e novas e oportunas campanhas são lançadas todo ano,mas esse mal prevalece sempre. Está prevalecendo. Todo cuidado é pouco. Mas tem gente que ainda acha que isso está fora da sua realidade, londe de acontecer no seu quintal. Mas o pior é que ninguém está totalmente livre. Uma pena.

Beth/Lilás disse...

É isso mesmo, amiga! Muitas mulheres têm contraído esta temível doença na idade madura, talvez pela modernidade, muitos bailes de 3a.idade e homens que utilizam Viagra para se sentirem mais ativos e com isso a falta de proteção que não estavam acostumados em seu tempo.
Já ouvi sobre casos assim contraídos e é muito doloroso, porque os mais velhos não conseguem receber um golpe como este e, na vergonha ou preconceito, se isolam, não se ajudam e só pioram até serem levados à morte.
Muito importante este post para exortação de adultos e idosos, pois não é somente os jovens que estão expostos a este perigo nos dias de hoje.
beijos cariocas

Ocorreu um erro neste gadget