1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

“Qualquer maneira de amor vale a pena” - por Silvia Masc

1 de maio de 2011 comente
Os relacionamentos amorosos têm muito mais chances de acontecer quando somos jovens. Depois, o amor vai naturalmente mudando de endereço e é mais fácil que aconteça em outros termos, não só relacionado a um homem ou a uma mulher.
Nossas atitudes e nossa maneira de encaminhar a vida trazem consequências, estar só ou acompanhado é uma opção, e como você age em relação a isto, cultivando, cativando, tendo ou não, mais ou menos paciência com os relacionamentos.
É fato de que hoje em dia, muitos homens e mulheres perderam o interesse em ter relações sérias e profundas, parece-me que é um momento de relações casuais, e aquelas relações que poderiam resultar em um namoro e posterior casamento estão se tornando cada vez mais raras. Porém, convém lembrar também que “antigamente” nem se cogitava a possibilidade de pessoas maduras terem este tipo de expectativa.
Mesmo assim, não vejo como algo impossível, quantas pessoas sabemos que iniciaram uma boa relação mesmo depois de maduras. Agora, observe essas pessoas, são pessoas que estavam abertas à isso, são pessoas que não ficaram encolhidas vendo a vida passar, são pessoas que estão com os sentidos alertas para conquistar e serem conquistadas. São pessoas que sorriem mais, que estão atualizadas, que são participativas e “ligadas” nos tempos atuais, são pessoas que não tiveram preguiça, e tão pouco medo de sofrer.
E como diz a canção:

  Qualquer maneira de amor vale a pena
Qualquer maneira de amor vale amar
 Qualquer maneira de amor vale aquela
                     Qualquer maneira de amor valerá
(Milton Nascimento)

O QUE IMPORTA, É FELIZ!

Sinta-se em casa e deixe seu comentário.

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget