1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

O cuidado com as unhas

3 de abril de 2014 1 comentário
Quando o assunto são as unhas, cada um tem uma “receita”  para mantê-las bonitas e saudáveis. Pintá-las com esmalte de cor mais escura para fortalecer, cortá-las quadradinhas para não encravar, deixá-las alguns dias sem esmalte para que possam “respirar”... As “receitas” são inúmeras, mas nem todas eficientes.

Dra. Flávia Martelli conta o que é mito e verdade nesse universo e dá dicas de como manter as unhas em dia sem grandes esforços:
Mitos
Ao contrário do que muita gente acredita, os esmaltes escuros não escurecem nem fortalecem as unhas. “O que deixam as unhas amarelas são algumas substâncias, como solventes, presentes em determinadas marcas; é preciso ficar de olho e fazer uso moderado destes produtos”, alerta a especialista. E o que fortalece as unhas é a alimentação adequada. Deficiências nutricionais e também certos medicamentos de uso contínuo podem comprometer sua aparência. Vale conversar com o médico a respeito e sempre caprichar na alimentação balanceada.

Cortar em vez de lixar garante o fortalecimento das unhas. “O modo utilizado para manter o comprimento das unhas não interfere no seu processo de fortalecimento visto pois só se corta a extensão das unhas, quando já passou da fase de crescimento.”

Verdades: Unhas precisam de um tempo sem esmaltes e removedores para “respirar”. “Nossas unhas são constituídas por células mortas, então não há essa necessidade de “respiração”. No entanto o que pode ocorrer é o ressecamento de unhas e cutículas por conta da esmaltação frequente e, principalmente, o uso de removedores de esmalte. “Prefira removedores que não tenham acetona na composição, desta maneira a unhas não ficarão tão esbranquiçadas ou ressecadas. O uso de hidratantes específicos para mãos e unhas também é recomendado”,  explica a dra. Flávia.

É possível contrair doenças como hepatite e micoses fazendo as unhas. “Materiais mal esterilizados, como o alicate, e usados em várias pessoas, pode ser, sim, um caminho para a contaminação. Se possível, tenha seu próprio kit”, sugere a dra. Vale também verificar se o salão conta com auto claves que esterilizam os materiais de uso coletivo.

Unha dos pés: O formato dos bicos dos sapatos e também das unhas ajudam a encravá-las com mais facilidade. “Para quem usa calçados fechados com frequência, o ideal que as unhas dos pés sejam cortadas em formato quadrado; já as das mãos o formato oval é o mais indicado por serem naturalmente mais frágeis”, a médica pontua. Sapatos de bicos finos ou com pouco espaço para a movimentação dos dedos costumam facilitar o encravamento das unhas do pés.

Dica: Hoje em dia existe uma infinidade de produtos que facilitam a busca por unhas mais bonitas e saudáveis. “Uma boa loção hidratante para unhas usadas diariamente ajuda no combate ao ressecamento e deixa as unhas com aspecto mais saudável. Outra dica é usar lixas que ajudam a remover saliências sem danificá-las e dá brilho”.
Sinta-se em casa e deixe seu comentário.

1 comentários:

Vicentina disse...

Minhas unhas eram quebradiças, lascavam e eram ressecadas.
Passei a usar todas as noites um creme hidratante, e elas melhoraram 99% agora são mais fortes.
Muito boa postagem
Bjs

Ocorreu um erro neste gadget