1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

Chega de Saudade (1 )

13 de dezembro de 2008 comente

Quem freqüenta bailes sabe que esses espaços nunca poderiam ser definidos como local onde as pessoas dançam embaladas ao som de uma música qualquer. O baile é muito mais do que isso: o que está em jogo ali são corpos se movimentando na procura de seu ritmo e cadência próprias, suando, pulsando, exalando vida e alegria, expressão. Misturando-se na embriaguez dos ritmos, dos sons, das músicas, dos embalos, dos vários conjuntos que compõem aquele quadro vivo de fantasia e de quase irrealidade. Quase irreal em se tratando de idosos que dançam, pois a sociedade se acostumou a não ver idosos atuantes e felizes dentro de um baile.
Nossa própria visão do idoso no baile era muito romântica. Imaginávamos ele um ser frágil, sentado, observando o que conseguisse e dançando com quem aparecesse, com o único intuito de passar o tempo e  alimentar um  certo saudosismo pelos anos que ficaram para trás.
A vida acontece ali e agora, naquele espaço do baile, para esses grupos de cidadãos dançantes. O baile é o espaço de socialização por excelência – há aulas para quem quer se aprimorar na maioria dos salões. Quem vai sozinho encontra amigos. Quem se aventura na dança esquece a artrose, a osteoporose, a dor na coluna. Esquece as contas a pagar, a aposentadoria aviltante, os familiares sem paciência. Esquece as perdas.

Quem se distrai perde o passo, sai do ritmo. É preciso estar ali por inteiro, cabeça e corpo. E para dançar bem é preciso estar em forma, claro! Por isso os dançarinos de salão costumam freqüentar hidroginástica, fazer alongamento, yoga.
das amizades e do encontro que nasce nas pistas são levados a fazer passeios em grupo, ir a cinemas e teatros.udo isso, claro, sem perder a disposição para atividades domésticas, como cuidar dos netos (de vez em quando, não todo dia, sem obrigação!), cozinhar, lavar e passar… Parece que a idade deu a essas pessoas mais experiência para aprender a planejar muito bem o tempo que se tem.

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget