1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

Aprenda a ser gentil e destrua barreiras

27 de fevereiro de 2009 8 comentários

Cordialidade, é quando amamos muito uma pessoa, e tratamos todo mundo da mesma maneira que a tratamos (Dicionário amoroso - Luiz Gonzaga Pinheiro)

Sorrir para aquela pessoa que sempre pega o mesmo elevador que você, tratar seu marido ou esposa com um pouco menos de rispidez. São pequenos gestos que podem garantir uma vida mais tranqüila e derrubar barreiras podem que atrapalhar a sua vida.

Nas situações corriqueiras, um gesto amigável tem tudo para fazer a diferença (e não somente para as pessoas ao seu redor, mas para você também). O psicoterapeuta Cris Almeida garante que deixar o sorriso no rosto por mais tempo é uma ferramenta para viver melhor e acabar sendo apresentado a muito mais oportunidades.

Ser gentil no trabalho
Trabalho é o ambiente onde as pessoas estão sempre atentas as atitudes das outras. Por isso, gestos cordiais e respeitosos nunca são demais. O psicoterapeuta Cris Almeida, afirma que ser gentil no trabalho significa parar de pensar só nas suas tarefas e começar a respeitar o trabalho das outras pessoas.

Ser gentil com sua família
Você pode ganhar muito mais que um ambiente familiar mais tranquilo sendo gentil com sua família. Afinal, uma relação de carinho e compreensão com as pessoas que estão sempre ao seu lado são como um degrau a mais para a conquista dos seus objetivos. "Todas as tradições antigas ensinam o respeito pelos nossos familiares e antepassados. Respeitando nossa família, estamos respeitando nossa própria origem. Ser gentil com aqueles que nos criaram é uma forma de cultivar auto-estima e respeito pela sua própria história pessoal. Podemos observar também que quando estamos mal resolvidos com nossos familiares, nossos projetos e objetivos tendem a ser afetados".

Com pessoas que você não conhece muito bem
Viver é saber se relacionar. É assim que garantimos um cliclo de amizade e mandamos o mau-humor para bem longe. O benefício de ser gentil com aquele colega não tão conhecido pode ser enorme, basta mandar o lado arrogante para bem longe e tentar aproveitar situações. "Estamos conectados em uma grande rede de relacionamentos e não fazemos idéia do alcance desta rede. Se quisermos pensar em benefícios, basta lembrar que, na roda social, as pessoas estão continuamente trocando de posição. Quem hoje está por baixo, amanhã estará em alta e assim por diante.

Auto-estima
Sua auto-estima vai estar em primeiro lugar no ranking de beneficiados pela postura mais gentil. "Isso acontece porque, quando tratamos as pessoas com mais respeito e consideração, mudando também a maneira mental que fazemos de nós mesmos, o que repercute rapidamente na nossa auto-imagem", afirma o psicoterapeuta.

8 comentários:

Milton Toshiba disse...

Muitos culpam a cidade grande, a pressa, trabalho, mas a falta de cordialidade é pura falta de educação.
No interior é comum pessoas desconhecidas darem bom dia.
bom fim de semana Silvia
bjs

Tereza e Raul disse...

Na minha opinião, o que falta é educação mesmo, nem precisava ser gentil, bastava ser educado. Hoje mesmo eu vi na fila do banco um moço querendo se passar por deficientem furou a fila dos idosos porque estava mancando, e depois e entrei o mal educado correndo para atravessar a rua. Fiquei indignado, e se fosse mais jovem, teria corrido atrás dele para ensinar-lhe boas maneiras. Desculpem o desabafo, aqui é um lugar agradável, não quero passar recibo de velho chato...
boa noite e um abraço.
Eu e a minha senhora sempre entramos aqui, quem indicou foi a Dna. Elza do posto de saúde de Pinheiros.

Daniel Costa disse...

Silvia

De facto, por experiência própria, posso testemunhar que a cordialidade sempre tem retorno, do que advém alegria de viver e felicidade.
E como é fácil ser cordial!
Daniel

SILMARA´R disse...

SILVIA, BOA NOITE.
SER GENTIL É TÃO LIDO, É UM GESTO NOBRE.
BOM FINAL DE SEMANA

Anônimo disse...

Parabéns Silvia por este excelente texto.
Há que saber vicer em concordia, sem perder o sentimento de auto-estima.
Bjs
Gaspar de Jesus

Anny disse...

Parabéns pelo texto. Cordialidade, gentileza. São palavras e gestos que abrem portas.
Beijos,
Anny.

NEUSINHA GADELHA disse...

OI SILVIA!
ESSE TEXTO SOBRE CORDIALIDADE SE ENCAIXA PERFEITAMENTE NAS MISSÕES QUE DEUS NOS DÁ!
COMO FILHA ESPOSA OU PROFISSIONAL EM QUALQUER ÁREA, REALMENTE A CORDIALIDADE ACOMPANHADA DE UM SORRISO NA HORA CERTA DESTRÓI QUALQUER BARREIRA OU MINIMIZA QUALQUER TRISTEZA!
TRABALHO COMO AUXILIAR OPERACIONAL DE NUTRIÇÃO
NA ASSOCIAÇÃO DE SANTA CATARINA-CASA DE SAÚDE SÃO JOSÉ AQUI NO RIO DE JANEIRO HÁ 14 ANOS.
80% DOS PACIENTES DO MEU ANDAR SÃO IDOSOS E PRECISAM DE UM CUIDADO ESPECIAL DE ATENÇÃO E CARINHO.
SÃO PACIENTES COM DIVERSAS DOENÇAS E LIMITAÇÕES,
ALGUNS NÃO FALAM,OUTROS NÃO ENCHERGAM,OS QUE NÃO TEM ACOMPANHANTE DAMOS UMA ATENÇÃO DIFERENCIADA.
NOSSO TRABALHO É TRAZER NÃO SÓ ALIMENTOS,MAS BEM ESTAR E UM TRATAMENTO EXCLUSIVO DE ACORDO COM AS NECESSIDADE E HISTÓRIAS DE CADA UM!
FICAMOS FELIZES QUANDO OUVIMOS A VOZ DE QUEM PASSOU 1 MES SEM FALAR,OU QUANDO ELES COMEÇAM A ANDAR É UMA ALEGRIA MUITO GRANDE.
ELES RIEM MUITO QUANDO CHAMO-OS DE MEUS FILHOS
PORQUE AS VEZES TENHAM A METADE DA MINHA IDADE,
NO FIM DO DIA ESTOU CANSADA,MAS REALIZADA,SEMPRE FALO PRA ELES O QUANTO É GRATIFICANTE ESTAR PERTO DELES.A SOLIDÃO NA TERCEIRA IDADE É REAL,E INDEPENDE DO PODER AQUISITIVO.
TODOS OS MEUS PACIENTES SÃO EXTREMAMENTE RICOS,E MESMO ASSIM ALGUNS SÓ TEM A NÓS COMO FAMÍLIA!
UM BEIJÃO
E PARABÉNS PELO CUIDADO CO SEUS PAIS!
E OBRIGADA PELO CARINHO!
HOJE FIQUEI SURPRESA COM A QUANTIDADE DE RECADOS CARINHOSOS NO MEU ORKUT!

Anônimo disse...

Yes if the truth be known, in some moments I can phrase that I jibe consent to with you, but you may be in the light of other options.
to the article there is still a question as you did in the decrease publication of this solicitation www.google.com/ie?as_q=cd-r diagnostic 1.7.0 ?
I noticed the phrase you suffer with not used. Or you partake of the dark methods of promotion of the resource. I have a week and do necheg

Ocorreu um erro neste gadget