1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

Veja como funciona o Bilhete Único paulista (Bilhete Especial que atende os idosos)

24 de junho de 2009 comente
Bilhete permite a integração entre ônibus, metrô e trem.



Criado há cinco anos na cidade de São Paulo e atualmente com dez milhões de unidades vendidas, o Bilhete Único despertou dúvidas entre os passageiros de ônibus, metrô e trem no início deste mês. Tudo porque a São Paulo Transporte (SPTrans), que coordena o sistema de pagamento integrado do transporte público, ajustou as catracas dos veículos e estações para só permitir a liberação da passagem em um mesmo ponto após um intervalo de 30 minutos, no caso do vale transporte, e 15 minutos, no caso do bilhete estudantil.

Quais os tipos de Bilhetes Únicos existentes?
Existem quatro tipos principais de Bilhete Único: o comum, o vale transporte, o vale estudantil e o especial.

Bilhete Único especial
Destinado a idosos e portadores de deficiência, o bilhete dá direito à gratuidade no transporte público. No caso dos idosos, têm direito a esse bilhete homens a partir dos 65 anos e mulheres a partir dos 60 anos, de acordo com lei municipal, nas viagens de ônibus. Já nas viagens de metrô e trem, como esses transportes são ligados à administração estadual, a gratuidade é concedida para mulheres e homens acima dos 65 anos.

Os bilhetes especiais, que dão direito à gratuidade, podem ser feitos em 31 postos de atendimento distribuídos entre as subprefeituras. O idoso vai até um deles com seus documentos, tira uma foto no local e, depois que o bilhete fica pronto, é encaminhado para a casa dele sem custo nenhum. A mesma regra se aplica aos portadores de deficiência. A única diferença é que entre os documentos pessoais levados até o posto é necessário um laudo médico que ateste a deficiência. O laudo pode ser retirado em qualquer Unidade Básica de Saúde (UBS).

O que fazer se o bilhete for roubado, furtado ou perdido?

Registros de roubo, furto ou perda devem ser feitos nos mesmos postos de reclamação ou pelo telefone 0800 7710 118.

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget