1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

Você já ouviu falar em mnemotécnica ? Truques para se lembrar de tudo

3 de setembro de 2009 2 comentários
LONGEVIDADE

Números de telefone, endereços, datas de aniversário, contas bancárias... Existe algum sistema simples para lembrar uma série de dados, nomes, números ou qualquer lista de elementos que não podem ser memorizados facilmente?

Este método não só existe mas também está ao alcance de todo aquele que se proponha a aprendê-lo e aproveitá-lo, assinala o especialista em mnemotécnica José Luis Sanz, porque "muita gente não tem má memória, mas não sabe utilizá-la".

A mnemotécnica ou mnemônica (vocábulo derivado dos termos gregos que designam "memória" e "técnica") consiste em uma série de procedimentos destinados a facilitar a lembrança de algo, recorrendo para isso à associação de outras ideias mais simples e frequentes que o tragam facilmente à memória.

Para Sanz, um dos recursos mais frequentes para favorecer a retenção consiste em fazer listas de palavras encadeadas através de associações ilógicas, exageradas, de movimento, muito visuais e frequentemente grotescas.

As técnicas para a memória consistem basicamente em efetuar elos ou ganchos entre diferentes conceitos para que as lembranças surjam mais facilmente, e existem muitas escolas, sobretudo baseadas nas associações lógicas.

"De todo modo, não há receitas fixas. O importante é que cada pessoa efetue sua associação com a primeira coisa que lhe ocorra ou lhe venha à mente, que é o que sempre lembrará, e que além disso pratique os exercícios mnemotécnicos até incorporá-los a sua vida diária como algo automático", assinala Sanz.

Para lembrar de números, os quais não se podem visualizar como as palavras ou objetos, o truque é transformá-los em vocábulos, que por sua vez podem ser associados depois de modo ilógico. O sistema mais simples consiste em dar a cada número uma ou duas letras do alfabeto, relacionadas com seu som, forma ou outro aspecto. Por exemplo, se pode relacionar o 1 ao T (em forma de tronco), o 2 ao N (similares em forma embora em posição diferente), o 3 ao M (também parecidos), o 4 ao R (pode se imaginar o erre da palavra quatro) e o 5 ao L (derivada de sua escrita em números romanos)."O 6 pode corresponder ao S (de som similar a seis), o 7 ao C (associada aos sons fortes ca, que, qui, co, cu), o 8 ao f (que em minúscula e manuscrita se escreve parecido ao número), o 9 ao P (a letra maiúscula invertida é similar ao número) e o 0 ao Z (por seu som)", aconselha este especialista.

Assim, para lembrar um número é preciso associar cada um de seus dígitos a uma letra e com elas formar sílabas dando lugar a uma palavra: por exemplo o número-chave de um cartão eletrônico 3496 pode ser lembrado com a palavra "mariposa", (3=M, 4=R, 9=P e 6=S), e depois exagerar sua imagem, visualizando milhares de mariposas saindo do cartão.

Segundo Sanz, "isto que pode parecer complexo de início, chega a fazer-se quase de forma automática com a prática; e à medida que se confia cada vez mais na memória, mais ela melhora". Por outro lado, para que se grave na mente uma longa lista do que deve comprar no supermercado, pode-se visualizar cada elemento associado a situações disparatadas, como quebrar um ovo na testa ou esfregar alho no olhos.

"Para lembrar o nome de uma pessoa pode se associar um traço ou sinal de seu rosto (Antônio, óculos), mas também se pode recorrer ao método mais simples de repetir 3 vezes seu nome e sobrenome no transcurso da primeira conversa que se mantém com ela", sugere Sanz, que admite que "muitas vezes simplesmente nós não nos lembramos de uma coisa porque não se presta atenção a ela".

Aqui vão links para jogos de memória, on-line (Grátis)

Pixa Fixa
Memorize a figura que aparece na tela. Agora, desenhe cada pixel na mesma posição e c...
Memory Master
Coloque sua memória em dia com Memory Master. Preste atenção nos padrões e clique nos...
Teddy Run
Preste atenção nos pedidos dos ursinhos para montá-los corretamente. Siga sempre essa...
Memorize The Outfit
Você tem um tempo para memorizar a roupa da modelo, depois deve vesti-la repetindo ex...

Nesse link tem muito mais :

Enviado por: A. J. Campos - Tatuí - São Paulo


2 comentários:

Lu Souza disse...

Oi Silvia,

Achei muito curioso, mas bem dificil também. Claro que é apenas questão de acostumar.
Ainda não fiz os testes, mas depois volto aqui e te falo como me sai, ahaha.
Beijos
Lu

Anônimo disse...

vou fazer uma forrrrça danada.
beijos.
gabriel

Ocorreu um erro neste gadget