1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

Mais de 700 mil pessoas sofrem de Doença de Alzheimer no Brasil

21 de setembro de 2010 comente
Hoje,  Dia Mundial do Alzheimer, neurologistas do Hospital das Clínicas, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo alertam para a doença, de causa desconhecida, que atinge 5% da população com mais de 65 anos. Após os 80, a prevalência da doença é de 15%. No Brasil, estima-se que 700 mil pessoas sofrem com a doença.

O diagnóstico precoce e o tratamento adequado garantem ao paciente uma vida mais longa e com mais qualidade. Avaliações neuropsicológicas, fonoaudiológicas e exames de neuroimagem são os principais instrumentos para uma rápida comprovação.

"Quanto mais cedo a doençal de Alzheimer for identificado, mais tempo o paciente manterá suas funções cognitivas preservadas", explica o neurologista e coordenador do Centro de Referência em Distúrbios Cognitivos do HC da USP, Ricardo Nitrini.

A doença de Alzheimer é uma doença degenerativa que causa a morte gradual dos neurônios, provoca perda de memória e de outras funções cognitivas, como raciocínio, juízo crítico, orientação e outras.

No início, a pessoa apresenta pequenos lapsos de memória, alterações de comportamento, humor e mudança de personalidade, desorientação no tempo e espaço e dificuldades em realizar tarefas corriqueiras, como se alimentar ou se vestir, diminuição no controle de pensamentos e planejamentos de ações, perda de iniciativa e esquecimento constantes de coisas consideradas banais, como chaves. Nos estágios mais avançados, não reconhece os familiares e nem os amigos. Com o tempo, perde a identidade e tornar-se dependente.

A Abraz realiza campanhas permanentes e que o objetivo da associação é a informação que, aliada a solidariedade, traz aos familiares maior tranqüilidade nos manejos diários. "Por isso contamos com o familiar/cuidador para que nosso trabalho frutifique e para atingirmos nosso objetivo, que é aprendermos a lidar com a doença, oferecendo subsídios para que todos vivam com um pouco mais de qualidade", afirma a coordenadora da Abraz

Avanço da doença surpreende profissionais


Um dos sinais de que a pessoa está com  Alzheimer é a demência.

 "A demência é o termo usado para descrever as desordens que afetam a memória e o comportamento da pessoa e é normalmente desencadeadas por processos vasculares que afetam os Corpúsculos de Levy e os lobos frontal, temporal ou ambos.

A Doença de Alzheimer é considerada a responsável por 50 a 60% dos vasos de demência no mundo, mas o que vem surpreendendo os profissionais é o acometimento de indivíduos com idade inferior a 60 anos", explica a coordenadora da Sub-regional Uberaba da Associação Brasileira de Alzheimer (Abraz), Zélia Maria Couto Salerno Zélia Salerno.

A coordenadora lembra que a demência tem impacto devastador, afetando não somente a pessoa, mas também seus familiares, cuidadores e a sociedade, "pois a falta de compreensão e conscientização sobre a doença resulta no repasse de recursos insuficientes para o tratamento, o que interfere na qualidade de vida como um todo. É necessário fazer da DA e de outras demências uma prioridade mundial, adotando medidas de promoção de saúde e, assim, prevenir a doença por meio da saúde pública", avalia, ressaltando que a estimativa é que este ano 66 milhões de pessoas serão acometidas por demência e até 2050 serão 115 milhões.

Clique  Abraz

Sinta-se em casa e deixe seu comentário.

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget