1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

Resposta ao leitor(a) anônimo(a).

18 de outubro de 2010 6 comentários

Caro leitor(a),

Lamento muito pelos dissabores que está passando essa pessoa a qual você se refere.
O bom senso me diz, que o melhor a fazer, é procurar ajuda com pessoas especializadas no assunto, ligue para o telefone da cidade que for mais adequada para você e peça orientação na delegacia ou serviço de proteção aos idosos.

O que você relatou no seu e-mail, é muito sério, desde apropriação indébita de valores que são destinados aos cuidados dessa pessoa idosa, ao total estado de negligência com a saúde física e mental.

Quando você diz que o que observa, causa desconforto, e vê o fato como uma injustiça à esse idoso, mas, que você não quer fazer denúncia pois não quer se indispor com a família e com o tutor, não vejo como isso possa mudar para melhor a vida dessa pessoa, lembro à você, que para fazer uma boa omelete, é preciso quebrar os ovos. E assistir ao sofrimento de alguém com capacidade reduzida e nada fazer, é no mínimo ao meu ver, ser conivente com esses fatos.
Para ter acesso aos números dos telefones, clique aqui

Se puder passar o seu e-mail, eu não publicarei e poderei enviar o Estatuto do Idoso, nele, você encontrará maiores esclarecimentos.


Desejos sinceros de que essa situação se resolva da melhor maneira possivel.

abraços,

Silvia Masc


Sinta-se em casa e deixe seu comentário.

6 comentários:

Anônimo disse...

Ao leitor(a) Anônimo(a)

Alguém interessado e responsável, preferencialmente da família deve entrar na justiça solicitando a curatela do idoso. Qualquer pessoa pode fazer isso, desde que a justiça entenda que o interditado não é responsável pelos seus atos e necessita de cuidados. O curador passará a receber a aposentadoria e administrar seus bens. Será responsável pelos gastos, podendo inclusive definir o local em que ira morar que pode ser uma casa de repouso apropiad para melhor atendê-lo. Todas as despesas devem ser comprovadas pois qualquer interessado pode a qualquer tempo solicitar prestação de contas.
Espero ter colaborado.
Danilo

Agostinho Lopes disse...

Sr anônimo!

A omissão é muito séria e causadora de grandes males à sociedade e às pessoas.

Faça uma denúncia anônima. Se desconfiarem que foi você, não terão a certeza.

O pior é ser omisso, que torna-se conivência.

disse...

eu creio que o disque denuncia adiantaria com certeza e você Sr. annimo^continuaria no anônimato.
A omissão poderá ser bem pior tantop para esse idoso que está sofrendo quanto mais ainda para você!
Beijos!

Milton T disse...

Prezado Anônimo,

isso que os responsáveis pelo idoso estão fazendo é crime, está no Estatuto do Idoso, não sei o número do ítem.

Hoje há 'Delegacias do idoso', 'Promotoria', etc, então é claro que uma história dessas, revolta todo mundo.

Se eu presenciasse um caso desses, faria a denúncia numa delegacia e acho que o processo é aberto automaticamente.

Ajude esse senhor, isso é revoltante

Milton T

Anônimo disse...

Qualquer do povo, quer dizer, qualquer cidadão pode denunciar um ato criminoso. Os atos praticados contra o tal idoso, em tese, é crime de abandono. Procure o Ministério Público da sua cidade e relate o acontecido, ou, simplesmente rementa ao Ministério Público a cópia da denúncia que foi frmalizada aqui no blog.
Funho-Campos Gerais,MG

Beth/Lilás disse...

Silvia e amigos!
É realmente aviltante o que vem acontecendo com os velhos em nosso país e este caso é um exemplo vivo e que poderia ser emblemático para que a partir de agora, algo fosse feito em favor dos idosos que estão nesta situação.
Espero que alguém do MP leia este tão importante blog que nossa amiga Silvia Masc lidera e que façam algo para ajudar esta criatura que está sofrendo tanto.
Quanto à pessoa que está colocando aqui este registro anonimamente, que o faça também ao MP ou aos orgãos competentes, sem medo, apenas com a intenção de salvar e ajudar um ser humano que está sofrendo.
grande abraço

Ocorreu um erro neste gadget