1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

Colcha de retalhos...

10 de agosto de 2011 7 comentários


Essa semana, a mamãe, iniciou um trabalho manual, que me surpreendeu, pela beleza, pelo grau de dificuldade e pela disposição dela em fazê-lo, afinal é uma colcha, e a minha mãe tem 90 anos de idade, eu, já me candidatei na cara de pau para ser presenteada com ela, ainda não tenho certeza se a minha “cantada” funcionou.

Quando mamãe me mostrou a colcha, ela disse de uma forma diferente - esse é o ultimo trabalho que vou fazer. preferi pensar que é o ultimo patchwork, e disse à ela isso, e também disse que se entendi, como um final de vida, vou ficar desmanchando, para que ela não o conclua, como se isso pudesse impedir a lei natural das coisas, já que todas as jornadas terminam um dia, e ficarão apenas as boas lembranças, e dessas não esqueceremos.

E porque eu gostaria de ter essa colcha? Ela remeteu-me a infância, já que os retalhos que a compõe são de roupas das minhas irmãs e minhas, quando éramos crianças, não era normal como hoje, termos roupas compradas prontas, e como mamãe era uma ótima costureira, ela quem confeccionava as nossas roupas.

Fiquei olhando os pedaços que estão prontos e vi o retalho do vestido de tecido xadrez com gravatinha vermelha, a blusinha de bolinhas azuis, o vestido de florzinha da minha irmã e por aí foi, essa colcha contará um pouquinho da nossa infância, da qual minha mãe é parte fundamental para que ela tenha acontecido de forma saudável e feliz.

Observando a mamãe, aparentemente uma figura frágil, de pequena de estatura me dou conta do quanto é forte, e o quanto se agigantou durante toda a sua vida, para nos educar nos criar e nos dar bons exemplos.
Quem aos 90 anos tem disposição para planejar e produzir simplesmente para não ficar ociosa? São poucos não?


Sinta-se em casa e deixe seu comentário.

7 comentários:

Mariana disse...

o que mata sao as recordações de infância, mas vc recorda com teus pais vivos
é duro recordar qdo eles ou um dos 2 ja nao estao com agente
meu caso, papai,

tua mae ainda tem muita vida pra viver
conheço um casal de velhinhos, ela com 101, ele com 100

juntos, um se escorando no outro, os 2 lúcidos, ele ja na cama, dependente pra tudo
ela de pé, ainda ativa, sobe e desce 2 lances de escada de onde mora, claro nao é sempre, nem todo dia


curta muito teus pais

colcha de retalhos, tbém me trazem recordaçao, uma das minahs vozinhas fazia trico, croche e emendava os
pedacinhos coloridos, pra cama, pra cobertor, pra agasalhos

que saudades

Maria Inês disse...

Que fofa sua mãe!!! Que invejaaaa....(boa ta?)
Linda a colcha tbm!!

Bjs pra vc e pra ela!!!

Heloísa disse...

Silvia,
Trabalho lindo, e incrível a disposição da sua mãe.
Parabéns.

Leny e Erasmo. de Carvalho disse...

Que L I N D A COLCHA Si...comovente...buááááá´....parabéns

suderly machado zocolotti disse...

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhh

Quão abençoada vc é, por ter essa pessoinha maravilhosa ao seu lado!
Curta-a memso, mto, mto, mto!!!!
PARABÉNS por merecer essa dádiva!!!!!
Abçs!
suderly machado zocolotti

Cristiane A. Fetter disse...

Estes são literalmente retalhos da vida que sua mãe construiu para você e sua família.
Ela foi e é a pessoa que une tudo isso em lindos pontos que acabam virando arte.
Que Deus a abençoe sempre.
bjks

Beth/Lilás disse...

Uau, Silvia, que coisa mais fofa sua mãe e esta disposição!
Adoráveis pais você tem.
bjs cariocas

Ocorreu um erro neste gadget