1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

Expressões do amor

3 de agosto de 2012 comente


Que homens e mulheres são diferentes em vários aspectos, inclusive na hora de demostrar seus sentimentos, isso todos já sabem. Mas, o que muitas pessoas não entendem é que, muitas vezes, essas divergências podem gerar alguns problemas na relação. Saber compreender e aceitar essas diferenças pode fazer muito bem ao relacionamento. Psicanalista fala sobre o tema e mostra como lidar com os sentimentos da melhor forma possível e ser feliz.

Segundo a psicóloga e psicanalista da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP) Blenda de Oliveira, as diferenças entre os sexos na forma de expressar o amor existem sim. "A própria sociedade exige um comportamento diferente do homem, como por exemplo, não chorar. Isso interfere no momento de demonstrar os sentimentos porque cria maneiras diversas de se expressar. Já as mulheres foram acostumadas a falar mais sobre sentimentos" – explica a psicanalista, que completa dizendo: "Às vezes, o homem demonstra sem fala, ou seja, com atitudes. Ele pode, por exemplo, dar um presente, fazer um favor ou ter uma atitude mais protetora”.

A chegada á meia idade traz consigo muitas reflexões, e é nessa hora que a forma de demonstrar os sentimentos também pode mudar. "Existem pessoas jovens que são fechadas, e quando vem à idade, acabam se fechando ainda mais. Mas existem outras que quando ficam mais velhas vão aprendendo meios de se expressar e acabam se abrindo mais. A idade traz muitos balanços de vida e as pessoas podem ir avaliando com a própria vida o jeito como elas têm vivido, algumas ficam mais tranquilas, mais sossegadas."

Oliveira completa explicando que isso acontece porque muitas pessoas já passaram por muitas experiências ao longo da vida e com a maturidade elas ganham mais liberdade. "É uma idade em que as pessoas já criaram os filhos, já passaram por experiências. Nessa idade, elas podem se abrir mais, falar mais o que estão sentindo, pensando. Elas começam a ter uma relação de cuidado com o próprio corpo. Então, as pessoas querem aproveitar mais essa fase, algumas começam a se encontrar mais com os amigos. É também uma fase em que alguns casais reveem a situação do relacionamento e acabam se separando."

Mas nem tudo são flores. Essas diferenças, muitas vezes, acabam implicando em problemas dentro do relacionamento. A psicóloga explica que pelo fato das mulheres se expressarem mais e não terem problemas para falar o que estão sentindo, elas exigem que os homens também se exponham da mesma forma como elas mas nem sempre é assim. "De modo geral, as mulheres falam mais, se declaram com mais frequência. Por isso, muitas delas querem que os homens se manifestem, porque elas têm essa facilidade. Então, a mulher acha que o homem não fala, acha que ele não a ama, mas são maneiras de se expressar diferentes."

Toda essa diferença acaba causando problemas e sentimentos ruins para ambos os sexos. "Isso pode gerar um problema na comunicação. Um pode achar que outro não está se importando, o que pode fazer com que a mulher se sinta sozinha. Mas o que fazer para que essas diferenças não atrapalhem o relacionamento e continuem sempre alimentando essa relação, a especialista recomenda que “ambos os sexos devem expressar carinho um com o outro. Muitas vezes, as pessoas têm facilidade de expressar raiva e agressividade mas seria importante também que elas expressassem carinho. Fora o diálogo verbal, existe o diálogo não verbal, que deve ser mantido e regado todos os dias. É uma coisa que não feita com palavras, mas com gestos. Pode ser um carinho físico ou uma proximidade física. Às vezes, você dá alguma coisa que a pessoa gosta ou pode ser uma surpresa para a outra. Isso é uma demonstração que você se lembrou dela, que acha ela importante, que quer que ela fique bem."
Por Danielle Pingitore

Sinta-se em casa e deixe seu comentário.

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget