1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

Cuidado com aquecedores.

20 de junho de 2014 comente
Para driblar a estação mais fria do ano, que chega nesta sexta-feira (21), muitas pessoas recorrem aos aquecedores portáteis, que deixam o ambiente quentinho e agradável. Mas, o pneumologista Jairo Sponholz Araujo, presidente da SBPT (Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia), alerta que o uso indiscriminado deste aparelho pode prejudicar a saúde.

— Alguns aquecedores diminuem a umidade do ambiente causando o ressecamento das vias aéreas e, consequentemente, podendo desencadear sangramento do nariz, tosse, garganta irritada, olho seco e crises alérgicas. Além disso, o aparelho também pode agravar doenças respiratórias já existentes, como asma, rinite, sinusite e DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica).

Para evitar o desconforto, o médico recomenda colocar uma bacia de água ou uma toalha molhada no cômodo que está com o aparelho ligado, o que garante a umidade relativa do ar.
— Se a opção for usar umidificadores, é preciso tomar cuidado para não deixar o ambiente muito úmido porque isso também contribui para a proliferação de fungos e bactérias, e, consequentemente, alergias e infecções.

A pneumologista Kelma Rosatto, do Hospital São Luiz / Rede D´Or, orienta usar o aquecedor por um período de duas horas — tempo suficiente para tornar o ambiente mais agradável no frio. Além disso, a médica orienta nunca dormir com o aparelho ligado e umidificar as narinas com soro fisiológico, quando sentir necessidade.

É fundamental não sair de um lugar quente para o sereno sem agasalhar adequadamente o corpo. Além disso, vale ingerir bastante água para hidratar o corpo, dormir bem e manter uma alimentação balanceada.

Fonte: R7
Sinta-se em casa e deixe seu comentário.

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget