1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

Demência: Orientação para a consulta médica - tradução e adaptação Silvia Masc

18 de novembro de 2012 comente
(Parte 5 de 5 )
Pela equipe Clínica Mayo
Tradução: Silvia Masc

As informações contidas neste blog tem caráter meramente educativo e não substituem as opiniões, condutas e discussões estabelecidas entre médico e paciente, conclusão, provavelmente, você vai ser o seu primeiro fornecedor de cuidados de saúde primários, se você tiver dúvidas sobre a demência, deve se encaminhar para um médico especialista em sintomas específicos, como um neurologista ou geriatra.
Se você é um cuidador de alguém com mais demência avançada, você provavelmente vai ser a fonte de informações do médico, aqui estão algumas informações para ajudar você a se preparar.

O que você pode fazer?
Estar ciente de quaisquer restrições de pré-consulta. Na hora de marcar a consulta, não se esqueça de perguntar se há alguma coisa que você precisa fazer com antecedência.
Anote quaisquer sintomas, incluindo os que podem parecer sem relação com a razão pela qual você agendou a consulta.
Anote informações pessoais importantes, incluindo quaisquer grandes tensões ou mudanças de vida recentes.
Faça uma lista de todos os medicamentos, bem como as vitaminas ou suplementos, que estão sendo tomados.
Vá acompanhado de alguém da família, amigo ou cuidador, se possível. Às vezes pode ser difícil de absorver todas as informações fornecidas durante uma consulta.
Preparar uma lista de perguntas ajudará aproveitar ao máximo o seu tempo com o médico. Faça a lista na ordem das perguntas mais importante para o menos importante caso o tempo da consulta se esgote. 

  • Para a demência, algumas perguntas básicas incluem:
  • O que é provavelmente está causando o sintoma?
  • Existem outras causas possíveis para o sintoma?
  • Que tipos de testes são necessários?
  • A condição é temporária ou crônica?
  • Qual é o melhor curso de ação?
  • Quais são as alternativas para a abordagem primária?
  • Como a demência e problemas de saúde adicionais podem ser melhor geridos em conjunto?
  • Existe alguma restrição?
  • Existe uma alternativa genérica para o medicamento que está sendo prescrito?
  • Há alguma cartilha ou outros materiais impressos ou sites para visitar?
No acompanhamento da consulta com um paciente com demência
O que esperar do seu médico?

O médico provavelmente solicitará para você e seu cuidador uma série de questões, tais como:

  • Quais são os sintomas, por exemplo, dificuldade em encontrar palavras, lembrando eventos, focando a atenção, mudanças de personalidade, que se perderam?
  • Quando os sintomas começam?
  • Os sintomas, são contínuos ou ocasionais?
  • Quão são os sintomas mais graves?
  • O que, ou alguma coisa, parecem melhorar os sintomas?
  • O que, ou alguma coisa, parecem piorar os sintomas?
  • Existe uma história familiar de demência ou de condições relacionadas, tais como Huntington ou doença de Parkinson?
  • Existem atividades que tiveram de parar por causa da dificuldade em pensar por eles?
Todas as decisões relacionadas ao tratamento devem ser tomadas com respaldo do médico responsável pelo acompanhamento clínico do paciente, pois é ele quem mais conhece as particularidades de cada paciente, tendo, portanto, melhores condições de opinar e prescrever a conduta mais adequada.

© 1998-2012 Fundação Mayo para Educação Médica e Pesquisa (MFMER). Todos os direitos reservados. A única cópia destes materiais pode ser reproduzida para uso pessoal e não comercial. Clínica Mayo são marcas registradas da Fundação Mayo para Educação Médica e Pesquisa.

Sinta-se em casa e deixe seu comentário.

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget