1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

Saiba como usar corretamente o protetor solar

27 de novembro de 2013 2 comentários

Saber o FPS certo e a forma correta de aplicar 

os produtos é essencial para garantir a proteção necessária  

Ao mesmo tempo em que o sol é fundamental para estimular a produção de vitamina D no organismo, ele pode ser um dos maiores vilões da pele, sendo o principal responsável pelo seu envelhecimento e pelo surgimento do câncer.
No verão, os raios UVB, responsáveis pelo câncer de pele, são mais intensos e por isso os cuidados devem ser redobrados. Mas não é só na estação quente que é preciso se preocupar com o sol. Em qualquer época do ano é necessário fazer o uso diário do protetor solar para proteger a pele dos raios UVA e UVB.
"Os raios UVA estão presentes durante o ano todo, e atinge a derme e o subcutâneo promovendo a destruição do colágeno e elastina. Além de provocar o envelhecimento precoce, eles ocasionam rugas profundas, aumento da espessura da pele e perda da elasticidade", explica a dermatologista Miriam Sabino de Oliveira.
A radiação solar ainda pode fazer alterações do DNA celular, desencadeando câncer de pele ou provocando doenças como lúpus eritematoso e fotoalergias. Já o UVB tem sua incidência maior durante o verão, entre 10h e 15h. "Ele é responsável por queimaduras, vermelhidão ou alteração da pigmentação da pele", diz Sabino.

Filtro solar

Para prevenir a pele de todos esses danos, a melhor maneira é usar o protetor solar, independentemente da estação do ano e se está sol ou nublado.
A dermatologista Miriam Sabino esclarece os principais erros cometidos por quem usa o filtro solar:
Usar protetor solar para o outro tipo de pele: esse hábito pode acarretar ressecamento da pele, espinhas e cravos. "Quem tem pele seca pode optar pelas versões em creme e loção. Já para as pele oleosa deve-se usar em forma de gel e loções oil-free. As peles normais e mistas podem contar com gel-creme e loção oil-free", recomenda.
Não reaplicar a proteção solar periodicamente: é importante passar o protetor solar a cada duas horas, principalmente se você está exposto ao sol com frequência.
FPS 10, 30 ou 60: Miriam diz que os protetores de fator 100 ou 30 oferecem a mesma proteção. O que pode mudar é o tempo que se pode ficar exposto ao sol.
Quanto mais protetor no corpo, maior a proteção: estudos da Sociedade Brasileira de Dermatologia recomendam usar 1 colher (chá) para o rosto e pescoço, 1 colher (sopa) para a parte da frente do tronco e outra para a parte de trás, 1 colher (sopa) para ambos os braços e a mesma medida para proteger as pernas e os pés.
Maquiagem não é filtro solar: algumas maquiagens contêm o protetor solar, mas isso não significa que ele deve ser substituído. "Geralmente, o make-up não cobre toda a extensão da área que necessita de proteção, deixando algumas regiões expostas", ressalta a especialista.
FONTE: LADO A LADO PELA VIDA

Sinta-se em casa e deixe seu comentário.

2 comentários:

alexandra disse...

Caramba.. não sabia que precisava tanto protetor solar assim.

Lúcia Soares disse...

Oi, Sílvia. Eu adoro o calor mas não gosto de tomar sol. Uso pouco o protetor solar, mesmo sabendo da importância dele. Vou me cuidar mais pois estou com deficiência de Vit.D e estou tomando um composto para sanar isso.
Beijo e bom domingo.

Ocorreu um erro neste gadget