1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

O idoso, você e o Natal

26 de novembro de 2008 1 comentário
O Natal é um tempo ocupado, no planejamento das férias, na compra dos presentes no planejamento do cardápio da ceia, o tempo com a família, se torna ainda mais escasso. Muitas vezes ignorado durante esse período, os idosos se entristecem, quando não, ficam deprimidos, já que as suas limitações físicas os impede de terem as mesmas atividades que os seus familiares.

No entanto, é possível com pequenas ações mudar este quadro.

Pessoas idosas são muitas vezes solitárias, devido ao fato de terem pouca interação com outras pessoas durante o dia. Muitos idosos se alegram apenas conversando com outros, e porque não você parar por alguns instantes para um papinho?


Todos nós temos o tempo que recebemos presentes, com eles, não é diferente, fazer alguma coisa ou comprar um presente é uma ótima maneira de mostrar um idoso que você se preocupa com ele e que ele não foi esquecido. É possível até que alguns queiram comprar presentes, mas se sintam intimidados com o volume de pessoas nas lojas, ofereça a sua ajuda nas compras, mas ofereça, porque é muito provável que por mais desejosos que eles estejam, não irão pedir.

Embora muitos idosos gostariam de ter uma árvore de Natal ou de luzes em sua casa muitas vezes, não as tem devido às limitações físicas de seu corpo.Você pode ajudá-los a conseguir o que querem, oferecendo ajuda para decorar sua casa, ofereça, é muito provável que eles não peçam.

Faça com alegria, até porque um dia todos nós vamos finalmente saber “se morrer afinal é apenas continuar vivo”.



1 comentários:

Suelly Marquêz disse...

Silvia, que lindo o seu post, carinhoso e sincero sempre com ideias criativas e positivas para cumprirmos nossos deveres de solidariedade, principalmente neste momento em que uns tão felizes e outros tantos tão desolados ,pela chegada das festas de final de ano,
hoje eu mesmo recebi um telefonema de uma pessoa amiga e parente muito idosa, que constrangida não quer ir morar com o filho, mas já não lhe é permitida, pela pouca saude que lhe resta, morar só, mudar a vida de um idoso requer carinho e cuidados, é muito significativo tudo que lhes restam, mas como até o momento me envolvi com medicos terapeutas fisio e nutrição para ela, tenho que deixar a familia decidir, penso que não seria a melhor hora para tal decisao, mas cabe a cada um a sua parcela, mas dias felizes ainda passarei nos nossos encontros,
Vida bela pra voce querida, na casanova...
beijos

Ocorreu um erro neste gadget