1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

Carteira de vacinação não é só para quem é criança, já que algumas imunizações precisam de reforço por toda a vida

9 de março de 2009 3 comentários

A vacinação na infância já faz parte do cotidiano das famílias brasileiras. Com as campanhas realizadas ao longo dos anos e os resultados obtidos na diminuição e erradicação de doenças, todo mundo sabe o quanto é importante manter as vacinas dos filhos em dia, controlando as épocas e as doses por meio da carteira de vacinação. O mesmo cuidado, no entanto, é deixado de lado quando se é adolescente, adulto ou idoso, o que pode trazer uma série de problemas.
A coordenadora de imunização Vanessa Soldatelli ( da Secretaria Municipal da Saúde) recomenda, ainda, que a pessoa procure os serviços de atenção básica para colocar a vacinação em dia.

Caso possua a antiga carteira de vacinação, ela deve ser levada para averiguar se faltou alguma dose ou está no período de reforço.

CALENDÁRIO

Adultos e idosos

Dupla tipo adulto (contra difteria e tétano) - Mesma dosagem para adolescentes, uma dose a cada dez anos

Febre amarela - Uma dose a cada dez anos para quem vive nas áreas endêmicas. Quem for viajar para esses locais deve receber a dose dez dias antes do embarque

Influenza (Gripe) e Pneumococo - A partir dos 60 anos, vacinação deve ser feita uma vez por ano

Imagem: www.cdc.gov

3 comentários:

Pedro e Dirce disse...

Excelente assunto, a gente esquece mesmo. Vou ver as minhas e as do Predro amanhã.
abraços

Milton Toshiba disse...

Acho que esse ano tomarei vaciba contra gripe, mesmo com tiomersal na fórmula, já que tenho alergia. Pelo que ouvi na mídia não tem importância.

Conheço o Velhão, tenho amigos que moram em Tremenbé, mas faz tempo que não vou.

Papai adorava o Mestiço, mas minha esposa não gosta, por isso não vou (não é barato mesmo).

abs, boa semana

Gaspar de Jesus disse...

Tem você muita razão SILVIA.
Nossa filha sempre teve o Boletim de vacinas cumprido à risca.
E mesmo nós que estamos na idade madura não deixamos de tomar as vacinas que nos são recomendadas pelo médico de familia.
Parabéns pela postagem.
Bjs
G.J.

Ocorreu um erro neste gadget