1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

Riso contra a chatice!!! Inclua-me - Silvia Masc

2 de junho de 2011 18 comentários
As marchas, agora, estão na moda. 
Se houver uma contra a chatice, acreditem, estarei na primeira fila levando a faixa do evento. 

Estive pensando em como o mundo está ficando sem graça... 
Pessoas que não me façam rir, ou que não riem comigo, ficam pouco ao meu lado. Sou daquelas que quase perco o amigo, mas não perco a piada. 
Recentemente, publiquei em minha página no facebook, um vídeo da cantora Wanessa Camargo - nada tenho contra a moça, apesar de não ter seus discos e nem ver seus shows - cantando o hino nacional brasileiro. Por essa postagem fui chamada de preconceituosa e, pasmem, de homofóbica. Sem entender nada, revi o vídeo e só então percebi que no cenário do evento em questão, havia uma bandeira do arco iris, símbolo do movimento LGBTTTs *. 

O incomodado não se deu conta de que a moça desafinou, errou a letra, e de tão feio, se tornou engraçado. Entendo também que pessoas públicas, principalmente cantores, deveriam preparar-se para se apresentarem, e que em tese, nós brasileiros, deveríamos saber cantar o hino da nossa pátria, razão pela qual postei o vídeo. 

Tenho absoluta certeza de que o riso é um excelente remédio. Observo minha mãe fazendo suas piadinhas. Esses dias, meu pai me inteirava de uma série de documentos, entre eles uma apólice de seguros, cuja beneficiária é a mamãe. Enquanto ele me explicava os procedimentos junto aos bancos, mamãe não teve dúvidas e perguntou: “e o seguro funeral, está em ordem também? Não quero usar para isso o dinheiro do seguro de vida, porque é com ele que eu e a minha filha querida (no caso euzinha, viu gente?) iremos passear na Europa. Vou chorar um pouquinho, para não ficar chato, e depois vamos viajar.” Rimos muito, pois é muita disposição e bom humor, para quem tem 90 anos de idade. 

Hoje em dia, para fazermos quaisquer brincadeiras, temos que conhecer e entender a estrutura emocional e a carga de preconceitos de quem as ouve ou lê. Isso se torna difícil, já que os preconceitos existem e as questões mal resolvidas também, embora muito bem escondidinhas. 

Por isso eu digo que o mundo está ficando muito chato e sem graça! 

Para quem quiser reaprender o nosso hino,  ouça o vídeo abaixo, sabê-lo cantar corretamente, não é engraçado, é bem legal.



*LGBTTTs, (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros  o 's' se refere aos Simpatizantes)
Sinta-se em casa e deixe seu comentário.

18 comentários:

Lu Souza Brito disse...

Oi Silvia,

Sério isso, te chamaram de homofóbica? kkkkkkkk. É o tipo de gente que só presta atenção no que nao precisa.
Pelo pouco que te conheço, sei que é uma pessoa de riso fácil, que se diverte e diverte as pessoas ao seu redor.
Para estas pessoas mau humoradas, uma grande careta seguido de um belo sorriso, ahahah.
Eu comento isso sempre com meu marido, hoje em dia nao temos liberdade sequer para fazer uma brincadeira. As pessoas estão chatas, politicamente corretas, com feridas abertas e olhando sempre em torno do umbigo. Então, tudo que dizemos entenderá como preconceito, como crítica, como ofensa. saco isso hein?!!!

Um beijão e ótimo quase fim de semana, ahahah.

Leci Irene disse...

Concordo em gênero, número e grau - tudo hoje em dia é motivo de discórdia, processos... a gente acaba por pensar que não se pode mais falar ou escrever....

Lúcia Soares disse...

Oi, Sílvia. Tenho passsado tão "correndo" pelo FB que nem vi esse vídeo. Vou lá ver.
Gosto da Vanessa, mas ela é de desafinar mesmo, em quase toda música.
Mais um, então, pra dar fora ao cantar nosso hino? Acho um horror! Aprendi na escola e nunca mais esqueci, sei de cor e de trás pra frente!
Quanto a tudo que hoje é proibido, Deus me livre! Não se pode falar mais nada publicamente, pois certamente se vai ofender a alguém!
Beijo!
(foto linda, cabelão maravavilhoso!)

Lino disse...

Silvia, q bacana! Gostei muito do texto. obrigado. bj

Roberto disse...

Oi Silvia!
Gostei muito da sua crônica!

Eu acho o senso de humor, importantíssimo! Eu pelo menos tenho muito senso de humor. A Beth às vezes me chama de palhaço. Eu retruco: NÃO SOU PALHAÇO! SOU HUMORISTA” Palhaço é o povo brasileiro, com exceção do Tiririca! Esse é o único que dá risada de nós!

Por Falar em Hino Nacional, eu postei no meu Blog um tema a respeito que vem bem a calhar e que transcrevo agora:



Você sabe cantar o Hino Nacional Brasileiro inteiro?

Não se acanhe! Raríssimas pessoas sabem! Quando muito cantam a primeira estrofe, e olhe lá.

Outro dia, eu assisti um programa na TV em que o apresentador, em plena praça da Sé, oferecia um prêmio em dinheiro para quem soubesse cantar o Hino Nacional.
Adivinhe! Ele voltou com o prêmio para a casa.
Mas foi muito engraçado! Os que se dispunham a cantar, trocavam todas as palavras.
Saía algo mais ou menos assim:

ELVIRA DO IPIRANGA A MASSA PLÁSTICA
DE UM SOCO HERÓICO BRAÇO RELUTANTE,
E O PÓ DA LIBERDADE EM RÁDIOS SÚDITOS,
BRINCOU NO MEL DA PÁTRIA NESSE INSTANTE.
SE O SENHOR, DESSA MALDADE
CONSEGUIMOS CONQUISTAR COM O BARCO NORTE,
EM TEU PEITO, Ó QUE SAUDADE,
DESAFIA O NOSSO PEIDO A PRÓPRIA SORTE!

Ó PALHAÇADA
ESCULHAMBADA
SALVE, SALVE!

E por aí vai...
Joaquim Osório Duque Estrada devia estar se virando no caixão!!!
Nos jogos de futebol internacional então. Nossa! Que vexame! Os jogadores ficam mexendo os lábios para fingir que estão cantando!!!
Mas convenhamos...
O Hino Nacional é mesmo complicado! Não é qualquer um que entende. Muitos termos fora de uso, frases na voz passiva, etc.
Eu estou criticando, mas também não sei cantar o Hino inteiro.
Você sabe?

Tais Luso disse...

Silvia, eu vou com você, mas lhe convido, em troca, para abraçar as praças e as lagoas numa campanha a favor da paz, e outras carências de nossa sociedade. Esses manifestos...

Quanto ao humor, as pessoas perderam o senso, só vejo lamentações, poucos usam isso que sua mãe usou, aquela piadinha safadinha, o molho do negócio, a alegria da alma é o riso. O melhor remédio, e você sabe.

beijos pra você
Tais Luso

Tais Luso disse...

Esqueci: Ai, que alívio ter ouvido nosso Hino cantado direitinho... Já levei muitos sustos!

Tais Luso

Milton T disse...

Não estava conseguindo comentar do celular, fazia tempo que não ligava o pc

As pessoas, quando chatas, ate´dá para suportar, mas elas estão perdendo os valores..

Bom fim de semana

=)

Silvia Masc disse...

è verdade Lu, vêem aquilo que os desconforta e transferem para o outro.
beijinho

Silvia Masc disse...

Oi Leci, atualmente, temos que ficar o tempo todo em estado de alerta.
beijinho

Silvia Masc disse...

Oi Lucia, parabéns por saber o hino, são poucos os que sabem, o mínimo não?
beijinho.

Silvia Masc disse...

Lino, obrigada pela sua visita e comentário.
beijinho

Silvia Masc disse...

Oi Roberto, muito legal o seu texto, bacana tê-lo colocado aqui.
beijinho

Silvia Masc disse...

Obrigada, pelo convite Tais, aceito.
beijinho

Silvia Masc disse...

Oi Milton, perdendo os valores e a noção... rs

beijinho

Iza disse...

Oi, Sílvia!
Vim lá do facebook pois não tinha visto o vídeo. Achei o vídeo engraçado. E muita gente també deve ter achado mas com essa ditadura do "olha o preconceito" nem rir podemos mais.
Teríamos é que procurar lugares clandestinos para rir?...é o que está me parecendo quanto ao comportamento da sociedade brasileira.
Só para teres uma idéia aqui em casa como o marido é branco e eu negra, ele magro e eu gorda vivemos a fazer piadinhas quanto a isso. Nos divertimos muito porque eu mesma faço piadas com negros e gordos e sei que em muitos lugares se faz... mas a ditadura do "olha o preconceito" não deixa que sejamos livres. Parece que temos que agir de uma forma em casa e de outra forma fora de casa.

Vou te dizer: Eu só não apaguei a postagem que fiz sobre o movimento #eusougay em respeito aos que comentaram porque deu vontade de apagar...percebi que o verdadeiro movimento é o movimento contra a violência e a intolerância. O movimento a favor do respeito as liberdades individuais de cada um.

Quanto ao hino da pátria é um desrespeito e falta de civismo a forma como cantam hoje em dia.

É minha amiga querida, também gostaria de participar dessa marcha contra a chatice porque há muitas marchas contra "isso e aquilo" e parecem dividir a nação num país de
grupos isolados insatisfeitos a ponto de se não se quer participar de um grupo é porque se defende o outro.

É triste isso.

Beijos!

Silvia Masc disse...

Iza, gostei imensamente do seu comentário, e realmente,e como você diz "temos que agir de uma forma em casa e de outra forma fora de casa".
Uma chatice isso,deixamos de ser nós mesmos, e perdemos a chance de tornar nossas vidas mais cheias de riso.
beijinho e obrigada.

Anny disse...

Oi Silvia!
Desculpe a demors em comentar.
Mas é isto mesmo. Só o humor salva e o mundo parece sem salvação...
Infelizmente.

Uma boa semana!
Anny.

Ocorreu um erro neste gadget