1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

Diabetes dificulta cicatrização das queimaduras em idosos

12 de fevereiro de 2014 comente
Poucas pessoas sabem, mas as queimaduras estão entre acidentes domésticos mais comuns. Porém, tornam-se ainda mais perigosos quanto têm como vítimas os idosos. Embora não seja determinada uma conduta específica para pessoas mais velhas que passem por esse tipo de situação, pesquisas indicam que os idosos que sofrem queimaduras necessitam de cuidados especiais, já que seu sistema imunológico e sensibilidade já não são mais os mesmos de um adulto saudável. Além disso, há o agravante de que doenças como diabetes dificultam ainda mais a cicatrização.

Segundo o neurologista Rodrigo Faleiro, normalmente as queimaduras ocorrem por motivos clínicos, comuns durante o processo de envelhecimento. “Isto porque os idosos enfrentam diminuição nos reflexos, artrose e problemas na visão, como cataratas, que contribuem para que a pessoas com mais idade tenham dificuldades ao manusear panelas e outros utensílios de cozinha. A diminuição da sensibilidade para as temperaturas também facilita para que o idoso se queime quando bebe ou come algo quente”, alerta o médico.

Por isso, o especialista alerta que, caso o idoso sofra uma queimadura de pequena extensão, é importante resfriar o local com água corrente. “Seque o local com um pano limpo e cubra o ferimento com compressas de gaze. Mantenha a região queimada mais elevada que o resto do corpo para evitar inchaços. É fundamental também a ingestão de bastante água para hidratação. Não use nenhuma pomada ou produto doméstico na ferida. Em qualquer circunstância, chame o socorro”, orienta.

No entanto, Rodrigo Faleiro ressalta que, como a recuperação se torna cada vez mais difícil à medida que a idade do paciente avança, o mais importante é prevenir as queimaduras. “Para isso, evite deixar isqueiros, fósforos e materiais inflamáveis ao alcance do idoso, principalmente se ele tiver alguma deficiência motora. A água do chuveiro, assim como as bebidas e alimentos, deve estar em temperatura adequada, ou seja, morna e agradável. Evite também deixar o idoso manusear velas ou outros objetos que envolvam fogo ou substâncias explosivas e procure sempre desligar o gás da cozinha após utilizá-lo”, completa o neurologista.
Sinta-se em casa e deixe seu comentário.

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget