1.o Colocado "LONGEVIDADE HISTÓRIAS DE VIDA BRADESCO SEGUROS" 2012

Estresse na meia-idade aumenta risco de demência

7 de novembro de 2010 comente
O estresse faz parte da sua vida? Pois saiba que a presença desse incômodo na meia-idade pode aumentar o risco de mulheres desenvolverem demência, principalmente sob a forma da doença de Alzheimer. 
_______________



Um estudo da Universidade de Gotemburgo,  Suécia equipe acompanhou 1.415 pessoas do sexo feminino, que tinham entre 38 e 60 anos no início da pesquisa. Os níveis de estresse foram avaliados em três anos: 1968, 1974, 1980. O distúrbio psicológico foi definido como uma "sensação de irritação, tensão, nervosismo, ansiedade, medo ou problemas de sono", com duração de um mês ou mais. Durante o período do trabalho, 161 participantes receberam o diagnóstico de demência.

A partir desses dados, os cientistas concluíram que o risco da patologia foi 65% maior em quem sofreu estresse frequente na meia-idade. A chance subiu para 73% quando as voluntárias relataram o problema em duas das avaliações e mais do que o dobro quando os três levantamentos mostraram estresse.

A pesquisadora Lena Johansson informa que o trabalho, divulgado na publicação Brain, confirma as conclusões de estudos semelhantes em animais. Mas, como a maioria que se classificou estressada não desenvolveu a enfermidade, ainda não é possível advertir sobre os perigos do estresse em relação à demência. Portanto, os resultados precisam ser checados em outros testes. 

Fonte: Brain A Journal of Neurology
 

Sinta-se em casa e deixe seu comentário.

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget